terça-feira, 22 de julho de 2014

Mistério: Ufólogo registra aparição de OVNI sobrevoando o céu penapolense



O ufólogo Mário Duran registrou, no último dia 21 de junho nos céus de Penápolis, SP, a aparição de um OVNI (Objeto Voador Não Identificado). O fato ocorreu, segundo ele, por volta das 15h nas proximidades do Trevo da Bandeira.     


“O objeto aparentava estar com a altura bem elevada e tinha forma de uma bola de cor branca e estava próximo ao sol”, comentou. Ele ainda acrescentou que o registro do objeto foi muito rápido em virtude de seu desaparecimento em poucos segundos.     


“Fotografamos e, após revelarmos as imagens, constatei se tratar de uma nave extraterrestre.



Moradores das Filipinas relatam ataques de supostos lobisomens



O povo de uma ilha isolada nas Filipinas realiza patrulhas noturnas para proteger seus animais.


Segundo o inspetor Brian Odien, chefe de polícia de Sibale Island, a região tem visto uma extensa onda de misteriosas mortes de animais ao longo dos últimos anos e os habitantes da ilha acreditam que lobisomens são responsáveis. 


Centenas de voluntários, sob a supervisão da polícia tem realizado patrulhas regulares à noite, em um esforço para proteger a diminuição da população de cabras da ilha. 


Os ataques, segundo relatos locais, só ocorrem nas noites antes de uma lua cheia, com mais de 200 cabras mortas. Uma perícia alega que o sangue dos animais foi sugado e os órgãos internos removidos. 


O fenômeno tornou-se um problema depois que os moradores começaram a temer que a misteriosa criatura possa  atacar os seres humanos uma vez que todas as cabras se foram. 


Cipriano Santiago, do Departamento de Agricultura Regional, afirma que mais de 57 agricultores perderam animais ao longo dos últimos dois anos. 


“As pessoas foram aconselhadas a manter as suas cabras em uma área cercada ou em suas casas, onde podem oferecer alguma proteção”, disse ele. 


“Temos pedido para que as pessoas não enfrentem o animal por conta própria, mas peçam ajuda. ” 



Povo indígena desconhecido faz primeiro contato com a Funai no Acre


Roça de índios isolados do Alto Rio Envira é vista do alto em foto da Funai


Um povo indígena desconhecido que vive isolado na floresta amazônica estabeleceu recentemente o primeiro contato com índios da etnia Ashaninka e com servidores da Funai (Fundação Nacional do Índio) no Alto Rio Envira, na fronteira do Acre com o Peru.


Segundo a Funai, o contato do povo indígena isolado aconteceu de forma pacífica em 29 de junho, na aldeia Simpatia. A tribo fica na terra indígena Kampa (Ashaninka) e Isolados do Alto Envira, onde vivem pelo menos 70 índios, sendo a maioria mulheres e crianças, em uma área de 232.795 hectares. A Funai não publicou fotos do encontro.


Dias antes, os índios desconhecidos assustaram mulheres e crianças Ashaninka quando apareceram nas malocas pegando panelas e facões.


O clima ficou tenso entre índios desconhecidos e os ashaninka, o que levou o governo do Acre a realizar uma operação de segurança com apoio do Exército e da Polícia Federal na fronteira.





Em nota divulgada em 17 de junho, o governo do Acre informou que a chamada Operação Simpatia consistia em averiguar as ameaças que a comunidade ashaninka recebia dos "índios isolados" e classificou os desconhecidos como "saqueadores".


Diante da aproximação dos índios isolados na aldeia Simpatia, o coordenador-geral de Índios Isolados da Funai, Carlos Travassos, viajou para região para acompanhar o trabalho da equipe da Frente de Proteção Etnoambiental Envira e do sertanista José Carlos Meirelles, da assessoria indígena do governo do Estado do Acre.


A FPE Envira vinha acompanhando a aproximação dos índios isolados desde o dia 13 de junho. A permanência do grupo isolado na região ocorre de forma pacífica. A equipe no local busca informações por meio de interpretes para que haja maior conhecimento deste grupo indígena.


Segundo a Funai, a equipe recebe apoio do Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Rio Juruá, da Secretaria Especial de Saúde Indígena, para desenvolver um plano de contingência para situações de contato e evitar que os dois povos indígenas contraiam doenças.


O futuro dos indígenas depois desse contato preocupa antropólogos, que veem a vulnerabilidade dessa população em relação a doenças como a influenza, segundo artigo da revista Science sobre o assunto.


A Politica de Proteção aos Índios Isolados da Funai tem a premissa do não contato, respeitando a autodeterminação dos povos e realizando o trabalho de proteção territorial com a presença destes. No entanto, são previstas ações de intervenção – planos de contingência – quando o grupo indígena isolado procura estabelecê-lo.



Fonte: UOL

Crocodilo canibal é flagrado com parte do colega na boca





O guia de pesca Warren Smith estava passeando de barco no norte das Ilhas Tiwi, na Austrália, quando se deparou com uma cena inusitada: um crocodilo de cinco metros de comprimento comendo outro, de cerca de três metros.

Entusiasmado por estar tão perto da cena, o homem chegou a apenas 10 metros de distância e fotografou o animal maior com o que sobrou do outro na boca. "Não é muito comum ver algo assim... Eu vivo por aqui há mais de 20 anos e vi cenas como essa apenas meia dúzia de vezes", contou ao Daily Mail.

Ele ainda afirmou que os crocodilos são conhecidos por praticarem o canibalismo, principalmente durante a nidificação, temporada de construção dos ninhos em que as mães ficam mais atentas para defender seus bebês.


Warren Smith/Reprodução/Daily Mail





Fonte: BOL

Ufólogos enxergam OVNI em foto do céu de Marte




 
A comunidade internacional de ufólogos está analisando mais um objeto voador não identificado. Desta vez, a tarefa se complica. É no céu. Mas no céu de Marte.


A fonte das especulações é esta foto que vocês podem ver abaixo da página. Foi tirada pelo famoso rover Curiosity em 14 de julho. Um objeto que até pareceria um avião, na frente de um monte marciano. 
 
 
O ufólogo que usa pseudônimo Streetcap1 no YouTube (veja vídeo abaixo) comenta: “Por pouco não derramei meu café ao ver isto”.


E segundo Scott Waring, do site Ufo Sightings Daily, o objeto é um OVNI tipo TR3B (aeronave de reconhecimento tático, suposta invenção secreta dos EUA).


“A esfera no centro e a sua parte mais curta... apontam que isto pode ser um triângulo com dois pontos visíveis”, afirma o ufólogo, frisando que “a NASA deve explicar muita coisa”.





Indiana suspeita de ser bruxa é espancada até a morte


 
 
A mulher foi acusada de atrair doenças e má sorte para o povoado onde vivia.
 
 
Os habitantes de uma zona rural do leste da Índia lincharam até a morte uma mulher a quem acusavam de praticar bruxaria, informou a polícia nesta terça-feira.


Quatorze pessoas atacaram a mulher no sábado em Bihar, um dos estados mais subdesenvolvidos da Índia.


Os habitantes da localidade se reuniram para resolver uma disputa de terras com a família da mulher quando, de repente, começaram a acusá-la de atrair doenças e má sorte para o povoado com a prática de bruxaria.


A mulher sofreu as agressões e ainda chegou a ser levada para um hospital, onde morreu.


As mulheres da região costumam ser acusadas de bruxaria para resolver disputas em zonas rurais remotas de um país que continua sendo profundamente supersticioso.


Em alguns casos, as mulheres são despidas como castigo, queimadas ou arrastadas até serem mortas. Em março deste ano, um casal foi morto por linchamento dos vizinhos também por supostamente praticar bruxaria em um povoado do distrito de Gaya, em Bihar. Três pessoas foram presas neste caso.




Fonte: Terra

Investigadores procuram restos mortais de último rei visigodo em Viseu

Rodericus, último rei dos godos


Os arqueólogos procuram estes restos mortais nas imediações de São Miguel de Fetal onde as crônicas de Afonso III dizem que esta sepultura foi encontrada.


Uma equipe de arqueólogos está em Viseu para tentar encontrar o túmulo ou os restos mortais do último rei dos visigodos que poderão estar nas imediações da igreja de São Miguel do Fetal.


A investigadora Catarina Tente revelou que documentos do séc. X levam a crer que a sepultura do último rei dos visigodos terá mais de mil anos e é referenciada desde o reinado de Afonso III.


Em declarações à TSF, a arqueóloga da Universidade de Lisboa explicou que as crônicas da época dizem que Afonso III terá conquistado Viseu e que em São Miguel de Fetal terá encontrado os restos mortais do último rei visigodo.


«Obviamente que é provável que seja uma lenda associada à importância do sítio», acrescentou a investigadora, que diz que sempre que se abre um buraco em Viseu «quase sempre dá arqueologia» e de várias épocas.


Catarina Tente explicou que na área onde se suspeita estarem os restos mortais deste rei foram pelo menos encontradas três sepulturas, o que faz com que esta área esteja cheia de vestígios arqueológicos.




Fonte: TSF

OVNIs captados por helicóptero em Porto Rico

 
 
Nas redes sociais está a circular um vídeo que supostamente foi obtido através de fontes de uma agência federal de Porto Rico, onde se vêm dois OVNIs a moverem-se no céu.
 

As imagens teriam sido captadas por uma câmera de infravermelho, a bordo de um helicóptero da Homeland Security, na cidade porto-riquenha de Aguadilla.
 
O video foi feito nas primeiras horas do dia 26 de abril de 2013 e nê-lo pode-se ver um objeto voador não identificado a mover-se rapidamente através do céu.
 
Em parte das imagens, é também possível ver que o objeto desaparece no mar a grande velocidade, sendo que em seguida, o OVNI retorna do mar e percebe-se a presença de dois objetos na tela.
 
Alguns aficionados por OVNIs teriam exigido um posição de autoridades da União das Forças de Ação Rápida de Porto Rico (da sigla em inglês Fura).
 
Trata-s de uma divisão da polícia estadual de Porto Rico, que coordena as operações entre a polícia de Porto Rico e agências federais dos EUA.
 
De fato, as autoridades confirmaram que o vídeo foi realmente obtido por uma câmara que estava num helicóptero Black Hawk.
 
De acordo com ufólogos, isso comprova a teoria de que as autoridades estariam a realizando um monitoramento de OVNIs na região de Porto Rico. Assista abaixo ao vídeo. 
 
 
 
 
 
 

Instituto Geológico dos EUA elabora mapa mais completo de Marte

 
 
O Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) elaborou o mapa mais completo de Marte já realizado até o momento, o qual inclui informação topográfica, termal e dados sobre a composição do solo marciano.


As imagens recolhidas pela nave "Odisseia 2001", que orbita ao redor do chamado Planeta Vermelho, tornaram possível a elaboração desse novo mapa, que aprimora e complementa versões prévias elaboradas entre os anos 70 e 80, indicou o USGS em seu site.


O mapa utiliza dados do Sistema Termal de Emissão de Imagens (Themis), um sistema de captação de imagens de emissão térmica, baseado no espectro da radiação infravermelho instalado na sonda "Odisseia".


Robin Fergason, do Centro Cientista de Astrogeología do USGS no Arizona, liderou o projeto em parceria com pesquisadores do Centro Espacial de Marte da Universidade Estadual do Arizona (ASU na sigla em inglês).


"Utilizamos mais de 20 mil imagens de temperatura de noite da Themis para gerar o mapa de mais alta resolução de propriedades da superfície de Marte criado até o momento", afirmou Fergason em um comunicado divulgado através do site da ASU.


"Agora esses dados estão disponíveis gratuitamente para todos os pesquisadores e para o público em geral", apontou o pesquisador, que finalizou seus estudos de doutorado em 2006.


"As áreas mais obscuras no mapa são mais frias pela noite, têm menor inércia termal e, provavelmente, contêm partículas finas, como pó, lodo ou areia fina", disse Fergason, que acrescentou que as regiões mais brilhantes são as mais calorosas, com superfícies que consistem talvez de areia mais grossa, fragmentos de rochas ou a combinação de ambos os materiais.



Fonte: BOL

A verdadeira Primeira Guerra pode ter ocorrido há 13 mil anos



Às vésperas da comemoração do centenário da Primeira Grande Guerra Mundial, pesquisadores descobrem vestígios de um confronto bélico de grandes proporções, o mais antigo que se tem notícias. 


As guerras não são uma novidade da história moderna do mundo. Sua tradição está presente em todas as civilizações, desde os primórdios da humanidade. 


De acordo com um estudo recente, realizado por pesquisadores franceses sobre restos humanos encontrados nas margens do Rio Nilo, o primeiro grande conflito armado teria acontecido há 13 mil anos, e durou muitos meses.


Uma investigação paralela feita por antropólogos ingleses e norte-americanos revelou que a causa mais provável tenha sido uma disputa sobre diferenças raciais. 


Essa teoria se baseia na etnia dos esqueletos encontrados, pertencentes ao povo subsaariano, os mais primitivos ancestrais da raça negra contemporânea. Seus inimigos poderiam pertencer a outra etnia, mais precisamente ao povo levantino, que habitava a região do Mediterrâneo.


Os dois grupos tinham características físicas bastante diferentes, além de grandes discrepâncias culturais e linguísticas, o que poderia ter causado uma grande disputa pelos recursos naturais do lugar. 


Tudo indica que o enfrentamento tenha ocorrido durante uma época de grandes mudanças climáticas, após um período de resfriamento global, que promovia grandes migrações de pessoas em busca dos poucos alimentos e outros recursos de subsistência disponíveis. Assim teria começado a longa e triste história das grandes guerras mundiais.




Fonte: History
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...