terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

O polêmico templo de adoração a Lúcifer


 
 
No departamento colombiano de Quindío foi erguido um templo dedicado ao culto satanista que provocou uma enorme controvérsia entre os adoradores de Lúcifer e autoridades locais.
 
 
Trata-se da autodenominada Igreja Luciferina Semillas de Luz, uma organização que acaba de erguer um templo para a adoração de Lúcifer, na cidade de Quimbaya, e que teria custado US$ 20 milhões, doados por seus associados.

Víctor Damián Rozo, líder espiritual da igreja, afirma que no templo não são praticados rituais satânicos nem atos degradantes ou violentos, desmentindo, desse modo, as acusações feitas por alguns meios de comunicação locais e por membros da igreja católica.


Em vez disso, Rozo afirma que sua congregação realiza cultos e presta agradecimentos a um anjo da luz, que foi expulso do paraíso por se rebelar contra a autoridade de Deus, o qual ele apontou como “o grande ditador”, assim como na história bíblica. 


Além disso, ele informou que a igreja se mantém por meio das contribuições voluntárias de seus fiéis e que existem planos para realizar um congresso mundial que reúna milhares de adoradores de Lúcifer. 


Enquanto isso, autoridades locais, em conjunto com o clero católico, acusaram a ilegalidade da organização, a qual eles não consideram como um culto.




Fonte: History

Capturado tigre que tinha fugido quando viajava para sul da Rússia



Os serviços de emergência da Rússia capturaram o tigre que tinha escapado do caminhão que o transportava de Moscou a Karachayevo-Cherkesia, uma da sete repúblicas russas do Cáucaso Norte, informou a televisão local na segunda-feira. 


Cherkan, o felino de quatro anos, foi encontrado ontem em uma floresta junto à estrada M-4, perto de Voronezh, cerca de 500 quilômetros ao sul de Moscou, e foi internado no zoológico dessa cidade. 


Cherkan conseguiu fugir após romper a caixa de madeira que fazia as vezes de jaula. 


O mesmo caminhão transportava uma tigresa, que assim como Cherkan tinha sido comprada em Moscou, transação cuja legalidade é investigada pela polícia. 


"Os felinos estão atualmente sob observação dos veterinários", disse à agência oficial russa "TASS" a subdiretora do Zoológico de Voronej, Inna Subbotina. 


Ela acrescentou que Cherkan não se feriu durante a fuga e que só apresenta pequenos arranhões. 


Segundo a documentação, os dois são tigres de Bengala, mas Subbotina indicou que os zoólogos ainda devem confirmar esse dado. 


O casal de tigres, acrescentou, permanecerão no zoológico de Voronej até que sua procedência seja esclarecida. 


Em todo caso, Cherkan e sua companheira não serão exibidos ao público para não submetê-los a mais estresse, explicou a subdiretora do parque de animais. 




 Fonte: Terra

Leopardo invade escola e fere seis pessoas na Índia













 


Um leopardo macho entrou em uma escola em Bangalore, na Índia, e feriu seis pessoas que tentavam capturá-lo.


Um cientista e um funcionário do departamento florestal estão entre os feridos na batalha de quase 10 horas para cercar o animal no domingo.


O leopardo, que invadiu a Escola Internacional Vibgyor, acabou sendo anestesiado e liberado. Um censo recente da vida selvagem estimou que a Índia possui entre 12 mil e 14 mil leopardos.


Câmeras flagraram quando o felino de oito anos ataca um homem perto da piscina da escola. O cientista ambiental Sanjay Gubbi e o funcionário público Benny Maurius ficaram feridos ao tentar cercar o animal para anestesiá-lo.


"Foi uma batalha longa. Alvejamos o leopardo com injeções de tranquilizantes, mas só conseguimos capturá-lo por volta das 20:15 locais, quando a medicação fez efeito", disse o policial S. Boralingaiah.


Um funcionário de um órgão responsável por vida selvagem disse à BBC que o leopardo provavelmente chegou à escola por uma área de floresta próxima.


O animal foi levado a um parque nacional, e os seis feridos - incluindo um cinegrafista de uma TV local - tiveram ferimentos leves. Não havia alunos na escola no momento do incidente.


Leopardos e outros grandes felinos costumam ser vistos em áreas urbanas na Índia, e ambientalistas alertam que tais situações podem se tornar mais frequentes à medida que seus habitats são invadidos por humanos.




Fonte: UOL

Bebê revive após ficar 15h em frigorífico de necrotério na China




Um bebê chinês voltou à vida milagrosamente quando ia ser incinerado depois de ter sido declarado morto e ter passado a noite na câmara frigorífica de um necrotério.


Apesar do milagre, os médicos estão pessimistas sobre as possibilidades de sobrevivência do bebê.


Os funcionários de uma agência funerária do distrito de Pan'an, numa província do leste, preparavam a cremação de um bebê quando, de repente, ele começou a gemer, contou uma tv local.


O bebê havia sido declarado morto na véspera e passou cerca de 15 horas no frigorífico do necrotério, a uma temperatura de -12 graus.


Assombrados, os funcionários avisaram o padre e os serviços de socorro, que hospitalizaram a criança no CTI.


O caso ocorreu durante o fim de semana de festas do Ano Novo lunar chinês e ganhou a imprensa.


Depois de nascer, no início de janeiro, o bebê passou 23 dias em uma incubadora, mas seu pai o retirou para poder passar em família as festas do Ano Novo.


Dois dias depois, o pai levou o bebê de novo para o hospital, em estado grave, e a criança veio a falecer em 4 de fevereiro.


Um médico atestou que o coração do bebê havia parado de bater.


Antes de colocá-lo na câmara frigorífica, o pai o envolveu numa roupinha de lã e um saco de dormir, o que talvez tenha salvado sua vida.




Fonte: Yahoo!

Cientistas investigam possível morte causada por meteorito na Índia







Cientistas indianos estão investigando se um homem foi morto por um meteorito, o que, se confirmado, significará a primeira morte causada por fragmentos de uma rocha espacial em quase 200 anos.


A ministra-chefe do Estado de Tamil Nadu, Jayalalithaa Jayaram, afirmou que um motorista de ônibus de uma universidade de seu Estado foi morto por um meteorito e que 100 mil rúpias (cerca de R$ 5.800) foram pagas à sua família como indenização.


"Um meteorito caiu dentro dos limites da universidade", disse Jayalalithaa. O homem "sofreu ferimentos sérios e morreu a caminho do hospital".


Ex-estrela de cinema, Jayalalithaa deixou as autoridades locais em uma saia justa para explicarem a queda misteriosa na faculdade de engenharia, que criou uma pequena cratera e estilhaçou janelas.


O motorista estava em um gramado próximo do refeitório quando foi atingido, e dois jardineiros e um estudante ficaram feridos, disseram autoridades. Uma pedra azul-escura semelhante a um diamante foi encontrada no local.


De início, autoridades do governo acreditaram que a explosão havia sido causada por explosivos abandonados por engano após a conclusão de uma construção. Mas investigações não descobriram indícios de material explosivo no local em questão.


"Quando não se encontrou indício de material explosivo, fomos para a teoria de que pode ter sido um meteorito", disse um funcionário distrital que não quis revelar o nome. "Ainda não está confirmado, já que as amostras precisam ser analisadas".


Uma equipe do Instituto Indiano de Astrofísica deve visitar o campus na terça-feira para coletar amostras. O diretor da universidade situada no distrito de Vellore, G. Baskar, declarou estar trabalhando em seu escritório quando ouviu a explosão.


"Foi um som como nenhum outro que ouvi antes", disse. "Não havia nenhum cheiro, nem fogo, nada".


A última morte registrada resultante de uma queda de meteorito aconteceu em 1825, de acordo com uma lista do periódico International Comet Quarterly.


O especialista em astrofísica da Universidade de Sheffield, no Reino Unido, Simon Goodwin disse que as mortes por meteorito são raras porque normalmente as rochas se incineram ao passar pela atmosfera terrestre, ou caem no oceano e em áreas remotas.


"Quando você olha a fração da superfície da Terra que é altamente povoada, não é muita coisa", afirmou.
Em 2013, um meteorito explodiu perto do centro da Rússia, causando uma chuva de bolas de fogo ao longo de uma área vasta e causando uma onda de choque que destruiu vidraças, danificou edifícios e feriu 1.200 pessoas. 



Entenda a diferença entre meteoro e meteorito
 
  • Asteroide
     
    Objeto rochoso, relativamente pequeno e inativo, que orbita o nosso Sol
     
  • Meteoroide
     
    Sobras de asteroides ou cometas que orbitam o nosso Sol
     
  • Meteoro
     
    Fenômeno que ocorre ao longo da atmosfera e deixa um rastro de luz no céu
     
  • Meteorito
     
    Meteoroide ou asteroide que resistem à entrada na atmosfera e atingem solo
     
  • Cometa
     
    Objeto de gelo pequeno, mas muitas vezes ativo, com cauda de gás e poeira
     
Fonte: Othon Winter, professor e pesquisador de trajetórias espaciais da Unesp (Universidade Estadual Paulista), e Nasa (Agência Espacial Norte-Americana)



Fonte: UOL

“Portal para o inferno”: Casa habitada por família americana atormentada por demônios foi demolida




A famosa casa “mal-assombrada” onde as crianças supostamente ficavam em transe e recitavam poemas satânicos sob a influência de um “demônio” foi demolida.


Latoya Ammons alegou que ela e os três filhos haviam sido possuídos por demônios enquanto viviam na casa — e alguns policiais locais parecem estar de acordo com algumas de suas declarações.


As pessoas afirmam ter visto figuras misteriosas dentro da casa — e que foram atacadas por criaturas invisíveis.


A mãe de Ammons, Rosa Campbell, disse que foi atacada por uma força invisível enquanto tentava rezar na casa, e disse: “Eu comecei a tossir e fiquei terrivelmente sufocada… estava rezando o tempo todo e eles não gostam que nós rezemos. Eles não gostam disso nem um pouco.”


“Havia algo ali que estava me sufocando até a morte, e eu não sei o que era.”


A casa foi comprada pelo caçador de fantasmas Zak Bagans, que explorou a casa antes de derrubá-la como parte de um documentário que planeja lançar este ano.


Bagans diz: “Havia algo dentro daquela casa que tinha a capacidade de fazer coisas que eu nunca havia visto antes — coisas que outras pessoas, por mais crédulas que fossem, tampouco poderiam explicar.”
“Havia algo ali que era muito sinistro e ao mesmo tempo altamente inteligente e poderoso.”





Fonte: Yahoo!

Cientistas não conseguem identificar espécie de animal mumificado devido sua aparência bizarra








Cientistas encontraram o corpo de um animal mumificado em uma adega na Turquia, mas não conseguiram identificar a qual espécie ele pertence devido a sua aparência bizarra.


Segundo as informações do Metro, alguns especialistas acreditam que se trata apenas de um gato, enquanto outros afirmam que a estrutura e forma são de uma criatura pré-histórica.


A egiptóloga Lidija McKinght crê na primeira opção. "Parece um dos gatos naturalmente mumificados que encontramos na Grã-Bretanha. Os ossos são de espécies de felinos, apesar da estranha dentição", disse a doutora ao Daily Mail.


O dono da adega, o morador local Abdullah Ozturk, afirmou que dois amigos arqueólogos analisaram o achado e que um deles informou que a ossada poderia pertencer a um gato já extinto.


Os cientistas acreditam que o felino pertence à época do Antigo Egito, quando eram reverenciados igual deuses pela população e mumificados depois de morrerem.




Fonte: Rede TV

Essas imagens assombrosas são frutos de uma madrugada em casa assombrada



Um vídeo bastante polêmico está circulando na internet. Nele, o “caça-fantasmas” Gary Johnston, do Reino Unido, garante ter capturado em câmera diversas atividades paranormais.


O vídeo, no entanto, não vem do nada. Ele tem uma história. No Reino Unido, Gary é conhecido como um dos maiores fenômenos de investigação paranormal. Assim, foi desafiado a entrar em um dos clamados mais assombrados casarões do país.


O local escolhido foi o Manchester Royal Lunatic Asylum, que abriu em 1849 e, reza a lenda, foi palco de diversas atrocidades. Não a toa, os mitos sobre o lugar dizem respeito ao Old Jack, um antigo paciente do local que o assombra até os dias de hoje.


Ao fazer as filmagens (assista abaixo), Gary garante ter visto um desses espíritos. Mais ainda, diz que foi alvo de diversas atividades paranormais na madrugada que passou no local. As imagens, claro, causaram polemica na web.


Muitas pessoas garantem que se trata de armação. O investigador, no entanto, jura de pés juntos que não fez nenhum tipo de manipulação nas filmagens, mostrando apenas o que aconteceu. 
 
 
 
 
 
Fonte: Yahoo!

As misteriosas montanhas flutuantes de gelo de Plutão que intrigam cientistas

Imagens mostram aparentes formações de gelo suspensas sobre oceano de nitrogênio congelado


Para os cientistas da Nasa, colinas se movem como os icebergs do oceano Ártico


As imagens fornecidas pela sonda New Horizons continuam a surpreender astrônomos

 
 
 
Fotos da Nasa capturam imagens de colinas que podem ser fragmentos de água congelada de montanhas do entorno, que "flutuam" sobre mar gelado de nitrogênio do planeta-anão.
 
 
No "coração" de Plutão, misteriosas colinas intrigam cientistas da agência espacial americana Nasa. Na última quinta-feira (4), a agência divulgou imagens de montanhas flutuantes na superfície do planeta-anão, aparentes formações de gelo de quilômetros de extensão, suspensas sobre um oceano de nitrogênio congelado. As imagens foram capturadas pela sonda New Horizons em sua missão histórica de 2015.


Para os pesquisadores da Nasa, trata-se de "outro exemplo da fascinante e abundante atividade geológica" de Plutão. A suspeita é que essas montanhas flutuantes misteriosas sejam fragmentos de água congelada que lembram os icebergs da Terra.


As colinas, localizadas na vasta planície de gelo batizada informalmente de Plano Sputnik, são como versões em miniatura das montanhas maiores e mais variadas da extremidade oeste dessa planície.


"Essas montanhas de água gelada flutuam em um mar de nitrogênio congelado e se movem da mesma forma como os blocos de gelo no oceano Ártico da Terra", informou a Nasa em nota. Seriam como fragmentos de planaltos acidentados que se separaram e estão sendo levados pelos glaciares de nitrogênio até o Plano Sputnik.


Essas cadeias de colinas em movimento são formadas na trilha dos glaciares. Quando entram no terreno em formato de células da região central do Plano Sputnik, passam a ser influenciadas pelos movimentos convectivos (movimento ascendente ou descendente de matéria em um fluido) do nitrogênio congelado, e são empurradas para a extremidade das células.




Hipótese da origem



Essas formações podem flutuar porque o gelo de nitrogênio é bem mais denso do que o gelo de água. Esses blocos congelados se juntam formando cadeias montanhosas de até 20 quilômetros de extensão.


Acredita-se que o Plano Sputnik tenha se formado após um grande impacto na superfície de Plutão, que foi preenchido com uma mistura de água congelada, nitrogênio e amoníaco.


Plutão surpreende cientistas a cada dia desde a revelação, após uma espera de nove anos, das imagens da New Horizons. A geografia dinâmica e variada revelada pelas imagens está mudando a perspectiva sobre esse corpo celeste descoberto há 85 anos. 


"Ficamos atordoados com o que vimos, e por toda a atividade nesses mundos (Plutão e suas luas). E ainda não temos ideia do que está acontecendo lá de fato", afirmou Nigel Henbest, astrônomo da Universidade de Leicester, na Inglaterra.


Os dados da New Horizons podem ajudar a esclarecer mecanismos da formação de planetas e até da origem de elementos que geram vida.





Fonte: IG

Satélite confirma "evaporação completa" do lago Poopó na Bolívia



As imagens obtidas pelo satélite Proba-V confirmaram a "evaporação completa" do lado Poopó na Bolívia, o segundo maior do país em tamanho, apenas atrás do Titicaca, informou nesta terça-feira a Agência Espacial Europeia (ESA).


Três fotografias tiradas em 27 de abril de 2014, 20 de julho de 2015 e 22 de janeiro de 2016 confirmam o desaparecimento desse lago situado em uma depressão do Altiplano e que cobria uma superfície de 3 mil metros quadrados, indicou a ESA em comunicado.


As imagens mostram a redução paulatina da massa de água, com uma profundidade de apenas 3 metros.


Essa circunstância, unida ao entorno árido montanhoso, fizeram com que fosse "muito sensível às oscilações do clima".


"Embora não seja a primeira vez que o lago Poopó evapora (a última foi em 1944), existe o temor de que demore muitos anos para encher de novo, caso chegue a acontecer", ressaltou a Agência Espacial Europeia.


O desaparecimento do lago, que agora foi confirmado pela ESA, ocorreu oficialmente em dezembro, quando o governo boliviano de Oruro (oeste) aprovou uma declaração de desastre natural do extinto lago, o que permite acelerar o uso e a recepção de recursos econômicos para atenuar a catástrofe.


O Poopó era um parada de descanso para as aves que emigravam do norte ao sul e também fonte de água para espécies altamente ameaçadas como o puma andino.


O governo boliviano estima que seria necessário um investimento de 800 milhões de bolivianos (cerca de US$ 114 milhões) para salvar o Poopó.


"Enquanto isso, os pescadores locais ficaram sem sustento e o ecossistema do lago se mostra altamente vulnerável", concluiu a ESA. 




Fonte: UOL
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...