quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Ufo? Meteorito? Imenso clarão ilumina o céu em cidade russa e cientistas não sabem explicar o que ocorreu



Um flash laranja incrivelmente brilhante iluminou o céu na região de Sverdlovsk, na Rússia.


Dezenas de pessoas estavam passando no local e filmaram o ocorrido com suas câmeras posicionadas nos carros. Na Rússia, devido aos enormes problemas no trânsito, é comum que pessoas instalem câmeras para usar as imagens como provas em caso de acidentes ou agressões.


Os cientistas ainda não sabem o que aconteceu. A cidade de Rezh, na região de Sverdlovsk, ficou iluminada por 10 segundos no dia 14 de novembro. Um dos motoristas colocou o vídeo no Youtube.


Algumas teorias já foram cogitadas. Uma delas, diz que a “explosão” poderia ser um novo meteorito ou algum tipo de exercício militar. Nenhum som de explosão ou impacto foi relatado.


O portal E1.ru informou que os funcionários do serviço de emergência que foram chamados no momento do clarão informaram que o flash pode ter sido a destruição de um material explosivo como forma de prevenção. Mas, existe algum material explosivo que, ao ser detonado, permaneça em total silêncio?


O serviço militar negou veemente. Segundo o E1.ru, eles não estavam na região no momento do fenômeno, o que levantou ainda mais comentários e mistérios em torno do ocorrido: “No exercício de treinamento estávamos longe naquele dia e não há unidades militares na região”, afirmou oficialmente o exército.

“Parece um pequeno meteorito que invadiu nosso espaço. Devido à baixa cobertura de nuvens, todo o céu se iluminou”, informou Viktor Grokhovsky, um membro do comitê de meteoritos da Academia de Ciências da Rússia.


Outro astrônomo, Vadim Krushinsky, duvidou da teoria de seu colega e disse que a cor do flash não suporta nenhuma especulação sobre asteroides: “A sombra da luz dependente da temperatura do corpo e a luz emitida por corpos celestes como meteorito são, geralmente, brancas”, disse a Ekburg.tv.


Vadim ainda emitiu sua própria teoria, dizendo que a luz pode ter sido algum lançamento de foguete espacial. Isso seria possível, visto que na região existe uma base de lançamentos de foguetes.


Mas, apesar disso, a Agência Federal Espacial da Rússia informou que o último lançamento no cosmódromo de Plesetsk ocorreu no dia 29 de outubro e o próximo ocorrerá dia 24 de novembro. Oficialmente, a agência não reconhece nenhum lançamento.


A dúvida permanece e nenhuma explicação, até o momento, parece ter coerência.






Fonte: JC

Um comentário:

Bruno Magalhaes disse...

..quando o clarao começa a perder intensidade,no lado direito ve-se um rasto vermelho de meteorito . é muito fácil de explicar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...